A civilização de um Estado

«A escola é o instrumento para formar os intelectuais em diversos níveis. A complexidade da função intelectual nos vários Estados pode ser objectivamente medida pela quantidade das escolas especializadas e pela hierarquização: quanto mais extensa for a “área” escolar e quanto mais numerosos forem os “graus verticais” da escola, tão mais complexo será o mundo … Continuar a ler

A educação: o único método.

“Através do respeito mútuo, da mútua tolerância do dar e do receber, da soma de experiências, é ela (a educação), em última análise, o único método pelo qual os seres humanos podem ter sucesso em levar avante esta experiência, na qual estamos todos nós empenhados, queiramos ou não, a maior experiência da humanidade – a … Continuar a ler

Uma educação dirigida

“Dividir o sistema e dar a outros, em posições menos favorecidas, uma educação que consiste unicamente numa preparação profissional especial, é tratar a escola como um factor para conferir a uma sociedade dita democrática a antiga distinção entre trabalho e lazer, entre cultura e ocupação prática, entre espírito e corpo, e entre classe dirigente e … Continuar a ler

Limitações intrínsecas à educação

“Uma criança que aprende a falar tem novas facilidades e novos desejos. Mas também se alargam as condições para aprendizagens subsequentes. Ao aprender a ler, um novo meio igualmente se abre para as suas oportunidades. Se alguém se decide a ser mestre, advogado, médico ou corretor, quando põe em execução o seu propósito limita, necessariamente, … Continuar a ler

O processo educativo

“(…) o processo educativo não pode ter fins elaborados fora de si próprio. Os seus objectivos contêm-se dentro do processo e são eles que o fazem educativo. Não podem, portanto, ser elaborados senão pelas próprias pessoas que participam no processo. O educador, o mestre, é uma delas. A sua participação na elaboração desses objectivos não … Continuar a ler

Nível de formação de empregados e empregadores em Portugal

Nível de formação de empregados e empregadores em Portugal

"A criança só pode conhecer o dever através dos seus pais e mestres"

“A criança só pode conhecer o dever através dos seus pais e mestres. É preciso  que estes sejam para ela a encarnação e a personificação do dever. Isto é, que a autoridade moral seja a qualidade fundamental do educador. A  autoridade não é violenta, ela consiste em certa ascendência moral. Liberdade e autoridade não são … Continuar a ler

Hoje a escola poderá ser vencida

“Assim como na Antiguidade o livro perdeu a luta contra o teatro, hoje a escola poderá ser vencida na batalha contra as forças indirectas de formação: a televisão, os filmes violentos e outros mass media desinibidos, se não aparecer uma nova estrutura cultural.” Peter Sloterdijk (n.1947)

Escola permanente

“Na obra da ciência só se pode amar o que se destrói, pode-se continuar o passado negando-o, pode-se venerar o mestre contradizendo-o. Aí, sim, a Escola prossegue ao longo da vida. Uma cultura presa ao momento escolar é a negação da cultura científica. Só há ciência se a Escola for permanente. É essa escola que … Continuar a ler

Educação: escolas públicas

“O que torna públicas as escolas públicas, não é tanto o facto de terem objectivos comuns, mas o facto de os seus alunos terem objectivos comuns. A razão é simples: a educação pública não serve um público; ela cria um público. (…) A questão essencial não se encontra nos computadores, nos exames, na avaliação dos … Continuar a ler

Liberdade

Só a educação liberta.                                                                  Epicteto  (55-135 d.C)

Despesa pública com a Educação em função do PIB (dados da OCDE)

Despesa públca com a  Educação em função do PIB (dados da OCDE)

Educação para quê?

“Numa democracia, quem defende ideais contrários à emancipação, e, portanto, contrários à decisão consciente independente de cada pessoa em particular, é um anti-democrata, até mesmo se as ideias que correspondem a seus desígnios são difundidas no plano formal da democracia. As tendências de apresentação de ideais exteriores que não se originam ~ partir da própria … Continuar a ler

educação

“A educação é o lugar em que decidimos se amamos suficientemente o mundo para assumirmos a responsabilidade por ele e, com tal gesto, salvá-lo da ruína que seria inevitável se não existisse a renovação e a vinda dos novos e dos jovens. A educação é também onde decidimos se amamos o bastante as nossas crianças … Continuar a ler

Literacia de nível superior…

A leitura na Europa: uma abordagem estatísca…

A leitura na Europa: uma abordagem estatísca… MR050511

"ao mesmo tempo una e múltipla"

EDUCAÇÃO E CULTURA Edgar Morin Conferência de Abertura do Seminário Internacional de Educação e Cultura, realizado no SESC Vila Mariana, agosto/2002 – São Paulo. (em Português-BR) (…) Conclusão É evidente que o desenvolvimento da mundialização cultural é inseparável do desenvolvimento mundial das redes midiáticas, da difusão mundial dos modos de reprodução (cassetes, cds, vídeos) e … Continuar a ler

Produtividade!?…

Literacia científica na europa

Uma Máxima Pitagórica

.“Educai as crianças e não será preciso punir os homens.”   Pitágoras de Samos (570-500 a.C.)  

ela seja adequada à dignidade e excelência de uma criatura racional

John Locke (1632-1704) e a Educação (Some thoughts concerning education, 1693)*    (…)  Locke acredita que as crianças nascem com certos traços de carácter, alguns dos quais podem ser alterados, ao passo que outros devem ser trabalhados e o seu aperfeiçoamento estimulado.   Havendo sido tomados os cuidados adequados para manter o corpo forte e … Continuar a ler