Uma vida livre / Epicuro

(em português-br) ““Uma vida livre (eleútheros bíos) não pode adquirir grandes riquezas, porque isso não é fácil sem se fazer servidor (theteías) das assembléias populares ou de monarcas…” Epicuro (341 BC – 270 BC) Anúncios

As causas de toda a escolha e de toda a rejeição

(em português-br) ““Não são, pois, [os prazeres das] bebidas nem banquetes contínuos, nem a posse de mulheres e rapazes, nem o sabor dos peixes ou das outras iguarias de uma mesa farta que tornam prazerosa uma vida, mas um exame cuidadoso que investigue as causas de toda escolha e de toda rejeição e que remova as opiniões falsas em … Continuar a ler

Sobre a felicidade

(em português-br) “Consideremos também que, dentre os desejos, há os que são naturais e os que são inúteis; dentre os naturais, há uns que são necessários e outros, apenas naturais; dentre os necessários, há alguns que são fundamentais para a felicidade, outros, para o bem-estar corporal, outros, ainda, para a própria vida. E o conhecimento … Continuar a ler

Noam Chomsky e a austeridade (Mensagem aos leitores portugueses)

Noam Chomsky, a austeriddae e a crise na União Europeia (Mensagem aos leitores portugueses)

Pensões mínimas na UE (em inglês) / Minimum state pensions

In: Sistemas de pensões na União Europeia (em inglês) / Pension systems in the EU

O movimento dos átomos não teve começo… / Epicuro

(em português-br) “Entre os corpos, uns são compostos, outros são os elementos que servem para fazer os compostos. Estes últimos são os átomos indivisíveis e imutáveis, já que nada pode converter-se em nada e é necessário que subsistam realidades quando os compostos se desagregam. Estes corpos estão completos por natureza e não têm neles lugar … Continuar a ler

Sistemas de pensões na União Europeia (em inglês) / Pension systems in the EU

Sistemas de pensões na União Europeia (em inglês) / Pension systems in the EU

Personalidade do mês de Novembro de 2013: Epicuro (341 BC – 270 BC)

(em português-br) “(…) Na tua opinião será que pode existir alguém mais feliz que o sábio, que tem um juízo reverente acerca dos deuses, que se comporta de maneira absolutamente indiferente perante a morte, que bem compreende a finalidade da natureza, que discerne que o bem supremo está nas coisas simples e fáceis de obter, … Continuar a ler