A única coisa que devemos desejar

(em português-br)

“Que filosofia é esta, que não busca acabar com a maldade,
contentando-se com a mediania dos vícios?
[…]
E não vê o severo e grave filósofo que tais bens, os únicos que ele reconhece, não são em verdade apetecíveis, porque, segundo a sua própria opinião, a única coisa que devemos desejar é carecer de dor. Estas sentenças são contraditórias entre si. Se tivesse aprendido a definir e dividir, se tivesse compreendido o valor das palavras, não teria incorrido nunca em tais confusões”

Cícero (106 a.C.- 43 a.C.)

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: