Existe uma realidade moral…

““A própria razão é para ele [Kant] um limite ideal: de facto a sua expressão ´Ideia da Razão` exprime precisamente essa ilimitada aspiração para a perfeição com a sua inerente actividade moral. A sua não é a ‘alcançada’ ou ‘dada’ razão que pertence à ‘linguagem comum’ e convenção, nem é o seu homem, por outro lado, totalmente só e sem orientação [existencialista]. Existe uma realidade moral, um real conquanto infinitamente remoto modelo: a dificuldade de compreender e imitar permanece.”*

Iris Murdoch (1919-1999)

Apud: MacIntyre (n.1929)

*em inglês no original:
“Reason itself is for him [Kant] an ideal limit: indeed his term `Idea of Reason’ expresses precisely that endless aspiration to perfection with its characteristic moral activity. His is not the ‘achieved’ or ‘given’ reason which belongs with ‘ordinary language’ and convention, nor is his man on the other hand totally unguided and alone [existentialist]. There exists a moral reality, a real though infinitely distant standard: the difficulty of understanding and imitating remain.”

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: