Schiller. Harmonia helénica. Desencanto do monoteísmo.

 

«Para adorar um entre todos, teve que perecer

Este mundo de deuses.

Triste, procuro-te no arco-íris, a ti, Selene.

 Não te encontro mais. Grito, através das ondas, das florestas,

E só um eco vazio me responde!

 

Friedrich Schiller (1759-1805)

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: