Os danos da subjectividade prevalecente…

“Aceitar a subjectividade tal como hoje existe, ou melhor, como hoje não existe, é aceitar implicitamente a ordem social que a mutila. O caso, porém, não é apenas de rejeitar a subjectividade em nome da ciência ou de a afirmar em nome da poesia; e sim de a investigar a sério. Essa seriedade implica necessariamente que se compreenda até que ponto a subjectividade prevalecente está ferida e mutilada; tal compreensão significa mergulhar na subjectividade, não para louvar a sua agudeza e profundidade e sim para se avaliarem os danos.”

Russell Jacoby (n. 1945)

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: