“Cidadãos, queríeis uma revolução sem revolução?”

(em português-br)

“Cidadãos, queríeis uma revolução sem revolução? Qual é esse espírito de perseguição que veio revisar, por assim dizer, aquela que rompeu nossos grilhões? Mas como submeter a um julgamento certo os efeitos que podem trazer essas grandes comoções? Quem pode marcar, depois do golpe, o ponto preciso onde devem se quebrar as vagas da insurreição popular? A esse preço, que povo poderia jamais sacudir o jugo do despotismo? Porque, se é verdade que uma grande nação não pode se levantar por um movimento simultâneo, e que a tirania só pode ser golpeada pela parte dos cidadãos que está mais próxima dela; como esses ousarão atacá-la se, depois da vitória, delegados vindos de lugares afastados podem torná-los responsáveis pela duração ou violência da tormenta política que salvou a pátria? Deve-se considerar que eles estão autorizados por uma procuração tácita de toda a sociedade. Os franceses, amigos da liberdade, reunidos em Paris no mês de agosto último, agiram dessa forma, em nome de todos os departamentos. É necessário aprová-los ou discordar deles imediatamente. Fazê-los criminalmente responsáveis por algumas desordens aparentes ou reais, inseparáveis de um abalo tão grande, seria puni-los por sua devoção.”

Maximilien Robespierre (1758-1794)

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: