«O Euro ameaçado – Tragédia grega, cenário alemão»

*

(em português-br)

(…)

Flassbeck, então secretário de Estado de Finanças (vice-ministro) da Alemanha, advertiu que o euro já nascia sob “risco de perigo iminente”. Insistiu que a união monetária europeia só poderia funcionar se os aumentos salariais em todos os países membros estivessem em linha com o alvo de inflação definido pelas autoridades monetárias.


A taxa de câmbio nominal na zona é fixa. Um país não pode turbinar sua competitividade com desvalorização da moeda. Assim, diante da forte correlação entre o custo unitário da mão de obra (a mais importante medida da competitividade internacional entre os membros de uma união monetária) e inflação, a regra implícita de uma zona comum exige que o crescimento real de salário em cada país membro siga estritamente os progressos da produtividade nacional. Violações dessa regra provocam deflação na união monetária como um todo ou desvio na taxa real de câmbio e na competitividade, “um tipo de aberração que começou com o euro em 1999”, diz Flassbeck.

Ele conta que, na ocasião, o então economista-chefe do Banco Central Europeu, o também alemão Otmar Issing, qualificou sua advertência de “ridícula” e afirmou que o mercado garantiria as condições de competitividade.


Só que, três anos depois, a Alemanha, a maior economia da UE, se descolou de vários outros membros da zona do euro. Aplicou a estratégia de aumentar sua competitividade internacional limitando a alta do custo unitário da mão de obra. As principais vítimas foram a França, a própria Grécia, Itália, Portugal e Espanha. Houve uma depreciação real do custo relativo alemão, num sistema que abandonara o uso da taxa de câmbio como instrumento para elevar a competitividade.

(…)

Por Assis Moreira

In.: O Euro ameaçado – Tragédia grega, cenário alemão


Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: