A natureza dos objectos

“(…) não há nada que o seja simples e absolutamente, nem há qualquer regra geral do bem ou do mal, que possa ser extraída da natureza dos próprios objectos” Thomas Hobbes (1588-1679)

Memória XXII

“…quando mais nada subsiste de um passado remoto, após a morte das criaturas e a destruição das coisas, sozinhos, mais frágeis porém mais vivos, mais imateriais, mais persistentes, mais fiéis, o odor e o sabor permanecem ainda por muito tempo, como almas, lembrando, aguardando, esperando, sobre as ruínas de tudo o mais, e suportando sem … Continuar a ler

A mais importante e útil de todas as invenções

“A mais importante e útil de todas as invenções foi a da linguagem, que consiste em nomes ou marcas e em suas conexões, pelas quais os homens dão significado às coisas, registam os seus pensamentos, recordam-nos posteriormente e também os usam entre si para fins úteis e conversas recíprocas, sem o que não haveria entre … Continuar a ler

A cultura da banana descascada e sua exportação para as Berlengas / (frases)

“É possível que o Pessoa, enquanto produto de exportação, valha mais do que a PT. Tem um valor económico único” José António de Melo Pinto Ribeiro (n. 1946), ministro da cultura, Portugal Fonte: 03.04.2008 – 12h07 Lusa

Movimentos vitais e movimentos voluntários

“Há nos animais dois tipos de movimentos que lhes são próprios. Um deles chama-se vital; começa com a geração e continua sem interrupção durante toda a vida, como a circulação do sangue. Independe do pensamento. O outro tipo, também chamado de movimentos voluntários, como andar e falar, depende do pensamento e começa com a imaginação. … Continuar a ler

Petronas (Kuala Lumpur)

 . .                                   Petronas (kuala Lumpur)                         MR0901

Ver o calor e sentir a luz

“Luz, cor, calor e outros objectos próprios da sensação (…) nada mais são do que as diferentes acções das coisas exteriores sobre os espíritos animais, pelos diferentes órgãos. Pois se a luz e o calor fossem qualidades inerentes em acto às espécies, e não diferentes modos de acção – porque as espécies entram por todos … Continuar a ler

A democracia pela emoção. Os telepastores…

“A transmissão ao vivo, a ocorrência e a percepção dessa ocorrência em tempo real favorecem não só a padronização das opiniões, mas também a possibilidade de as emoçõesserem simultâneas. Não foi preciso esperar por uma guerra para que tal fenómeno surgisse. Ele nasceu em experiências religiosas, com os telepastores. É algo que supera a dimensão … Continuar a ler

Um homem artificial

“… a arte do homem pode fazer um animal artificial (…) Mais ainda, a arte pode imitar o homem, obra-prima racional da natureza. Pois é justamente uma obra de arte esse grande Leviatã que se denomina coisa pública ou Estado (commonwealth), em latim civitas, o qual não é mais do que um homem artificial, embora … Continuar a ler

vulcão (nuvem fantástica)

 .  .  nuvem fantástica                     in.: "algures na Rede"

A maior parte da humanidade…

“Posto que a força das palavras (…) é demasiado fraca para obrigar os homens a cumprir os seus pactos, só é possível conceber, na natureza do homem, dois meios de reforçá-la. Estes são o medo das consequências de faltar à palavra dada ou o orgulho de aparentar não precisar de lhe faltar. Este último é … Continuar a ler

Primeira linha do metropolitano em Paris (outras redes…)

Faz hoje 108 anos que foi inaugurada a primeira linha do metropolitano em Paris (19 de Julho de 1900), circulando entre Porte Vincenne e Porte Maillot. Fulgence Bienvenue foi o engenheiro responsável pelo projecto. .

Linguagem VIII

“Verdadeiro e falso são atributos da linguagem, não das coisas. Onde não houver linguagem, não há nem verdade nem falsidade. Pode haver apenas erro. Portanto, a verdade consiste na adequada ordenação de nomes (palavras) nas nossas afirmações. Por essa razão, é importante estabelecer o significado das palavras. A esse estabelecimento preciso de significações chama-se definições.” Thomas … Continuar a ler

O poder de compra chinês

“Os chamados países de industrialização recente não podem substituir os EUA como locomotiva na conjuntura mundial. O valor nominal das suas taxas de crescimento parte de um ponto inicial muito baixo. Tanto o PIB quanto a renda per capita desses países são em absoluto muito pequenos para livrar o mundo da crise. Assim, o crescimento … Continuar a ler

Tempo LXX

“ “Medimos o tempo pelo movimento e não o movimento pelo tempo”  Thomas Hobbes (1588-1679)

Danae

Danae Rembrandt Harmenszoon van Rijn (1606 -1669) Faz hoje, 15 de Julho de 2008, 402 anos que nasceu o pintor holandês Rembrant

A origem das sociedades amplas e duradouras

. “(…) a origem das sociedades amplas e duradouras não foi a boa vontade de uns para com os outros, mas o medo recíproco” Thomas Hobbes (1588-1679)

A força do neutro

“(…) as massas absorvem toda a eletricidade do social e do político e neutralizam-na, sem retorno. Não são boas condutoras do político, nem boas condutoras do social, nem boas condutoras no sentido geral (…) Elas são a inércia, a força da inércia, a força do neutro.” Jean Baudrillard (1929-2007)

O movimento está no meio

  “Ainda que eu use as frases ´a luz passa` ou ´a cor passa ou se difunde`, quero dizer que o movimento está unicamente no medium e que luz e cor são apenas os efeitos desse movimento no cérebro” Thomas Hobbes (1588-1679)

Menina iraniana com a "sua filha"

 .                                  menina iraniana com a “sua filha”                in.: “algures na Rede”