Liberdade

Só a educação liberta.                                                                  Epicteto  (55-135 d.C) Anúncios

Algures em Alqueva

Algures em Alqueva (fotografia digital)

Pensa em tudo aquilo a que te obrigam tais nomes

“Reúnes em ti qualidades, cada uma das quais exige deveres que é mister cumprir; és homem, cidadão do mundo, filho dos deuses, irmão dos outros homens. Sob outros aspectos, és senador, ou possuis outra dignidade, és jovem ou velho, filho, pai ou marido. Pensa em tudo aquilo a que te obrigam tais nomes e trata … Continuar a ler

In memorium

Marcel Marceau (22 Março 1923 – 22 Setembro 2007)

Deseja-as como são…

Não pretendas que as coisas sejam como as desejas. Deseja-as como são. Epicteto  (55-135 d.C)

Não te assombres

Proteu . Antes que os remadores de Odisseu Fatigassem aquele mar cor de vinho As inefáveis formas adivinho Daquele deus cujo nome foi Proteu. Pastor dos mil rebanhos de oceanos E detentor do dom da profecia, Preferia ocultar o que sabia E entretecer oráculos e enganos. Instado pelas gentes, assumia A forma de leão ou … Continuar a ler

Tempo (LXVI)

“Sociedades religiosas, políticas, económicas, familiares, grupos de amigos, relações, e mesmo reuniões efémeras de salão, numa sala de espectáculos, na rua, todas imobilizam o tempo à sua maneira, ou impõem a seus membros a ilusão de que por uma certa duração, ao menos, num mundo que se transforma incessantemente, algumas zonas adquiriram uma estabilidade e … Continuar a ler

As máximas do estoicismo

“Por que te chamas estóico? Assume o nome que convém aos teus actos, e não te adornes do que te não convém que nada mais faz que desonrar-te. Por toda parte se me antolham homens que enaltecem as máximas do estoicismo, mas não vejo estóicos. Mostra-me um estóico, um apenas. Um estóico, isto é, um … Continuar a ler

Efeméride: Edgar Allan Poe

Edgar Allan Poe *  Boston 1809 – Baltimore, 7 de Outubro 1849

A felicidade e a liberdade

“A felicidade e a liberdade começam com a clara compreensão de um princípio: algumas coisas estão sob o nosso controlo, outras não. Só depois de se lidar com essa questão fundamental e aprender a distinguir entre o que se pode e o que senão pode controlar é que a tranquilidade interna e a eficácia externa … Continuar a ler

Engrenagem

DROITE DE LA HIRE La  Hire’s  line, La Hiresche Gerade  Mécanisme  étudié  par Cardan  en  1570, et  La Hire en 1699. Autres noms : engrenage, mouche de La Hire. Philippe de La Hire (1640-1718) : astronome et mathématicien français.  Fonte

Apenas um ignorante

“- Componho belíssimos e saborosos diálogos e escrevo livros interessantes. – Meu amigo, preferiria que me dissesses que dominavas as paixões, que compunhas os desejos, que seguias a verdade nos juízos. Assegura-me que não temes a prisão, nem o desterro, nem a dor, nem a miséria, nem a morte. Sem isso, por belos que sejam … Continuar a ler

A condição do desejo / lançamento a 11Out2007

(Excerto) «— Eu não quero ser um homem “do” meu tempo! Quando muito  pretenderei ser um homem “no” meu tempo. O que os meus contemporâneos pensam  ou fazem tem uma sensatez muito relativa para mim. Aliás, mais!… Se quiser ser  um homem do meu tempo arrisco-me a ser um homem sem liberdade para pensar.  Para, … Continuar a ler

Premonição

                                                   Outono                                 In.:”algures na Rede”