Julian Sorell Huxley

Personalidade do mês de Junho de 2007 * Julian Sorell Huxley (1887-1975) biólogo inglês, fundador do neo-darwinismo, que qualifica como teoria sintética da evolução. É o primeiro director-geral da UNESCO, de 1946 a 1948. Irmão do romancista Aldous Huxley. Considera que os diferentes caracteres biológicos sobre os quais se exerce a selecção natural resultam de … Continuar a ler

James Tobin: «nada é mais perigoso»!

“James Tobin (1918-2002) terá dito a Robert Nozick (1938-2002) que «nada era mais perigoso que um filósofo que sabia um bocadinho de economia». Ao que este teria replicado: «a não ser um economista que não sabe nada de filosofia».

singrando vai

Nas vastas águas… . Nas vastas águas que as remadas medem. tranquila a noite está adormecida. Deslisa o barco, sem que se conheça que o espaço ou tempo existe noutra vida, em que os barcos naufragam, e nas praias há cascos arruinados que apodrecem, a desfazer-se ao sol, ao vento, à chuva, e cujos nomes … Continuar a ler

o Estado mais extenso

Robert Nozick (1938-2002)], autor do livro Anarquia, Estado e Utopia, (…) 1974, está convicto, (…), que "a questão fundamental da filosofia política que precede qualquer outra, sobre como o Estado deve ser organizado, é se ele deve ou não existir".  A obra de Nozick move-se contra duas frentes: o Estado Máximo dos defensores do "Estado … Continuar a ler

Narciso

Narciso Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571-1610) Pintor Italiano, barroco

O recurso de Nozick à filosofia moral kantiana

A teoria nozickiana [Robert Nozick (1938-2002)] da justiça fundamenta-se na exigência kantiana — expressa na terceira fórmula do imperativo categórico — de tratar as pessoas como fins em si mesmas e não como meios. De acordo com esse imperativo kantiano, o autor de Anarchy, State and Utopia questiona as teorias rawlsiana [John Rawls (1921-2002)] e … Continuar a ler

Wish You Were Here (32 anos…)

. .                Wish You Were Here                (September 15, 1975) So, so you think you can tell Heaven from Hell, blue skies from pain. Can you tell a green field from a cold steel rail? A smile from a veil? Do you think you can tell? And did they get you trade … Continuar a ler

O homem, enquanto ser valioso

Robert Nozick (1938-2002) começa por afirmar que os indivíduos têm direitos e que há coisas que nenhuma pessoa ou grupo pode fazer-lhes sem violar esses direitos. Esses direitos, que em Anarquia, Estado e Utopia, 1974, são apenas sugeridos através de algumas menções ao imperativo categórico kantiano, são justificados em Explicações filosóficas (Nozick, 1981), onde se … Continuar a ler

Louvado seja Deus que não sou bom

Alberto Caeiro . O guardador de Rebanhos . XXXII – Ontem à Tarde . Ontem à tarde um homem das cidades Falava à porta da estalagem. Falava comigo também. Falava da justiça e da luta para haver justiça E dos operários que sofrem, E do trabalho constante, e dos que têm fome, E dos ricos, … Continuar a ler

ninho de aves

ninho de aves                                (plágio e manipulação digital)

Anarquia, Estado e Utopia (excerto)

“Os princípios padronizados da justiça distributiva exigem actividades redistributivas. É pouco provável que um conjunto de propriedades distribuídas de determinada forma à qual se chegou livremente se ajuste a um dado padrão; e é impossível que continue a ajustar-se ao padrão à medida que as pessoas fazem transacções. […]  A redistribuição é efectivamente uma questão … Continuar a ler

de memória e medo…

Os dias e as noites estão entrelaçados de memória e de medo, de medo, que é um modo da esperança, de memória, nome que damos às fendas do tenaz esquecimento. Jorge Luis Borges (1899-1986)

Um não-Estado

Robert Nozick (1938-2002) inscreve-se na perspectiva anarquista libertária, contestando a refutação final da legitimidade de toda forma de Estado. Para desenvolver seu argumento, Nozick raciocina, como Hobbes ou Locke, a partir do estado de natureza. Mas tenta mostrar contra eles que não é necessário formular a hipótese de um Contrato Social – fundando o Estado … Continuar a ler

Antoine Lavoisier guilhotinado!

No dia de hoje – 8 de Maio – há 213 anos, era guilhotinado o químico francês Antoine Lavoisier (Paris, 26 de Agosto de 1743 – Paris, 8 de Maio de 1794).

Direito de controlar

“Não estamos na posição de crianças que ganharam porções de bolo de alguém que agora faz correcções de última hora para rectificar um corte descuidado. Não há distribuição central nem pessoa ou grupo com o direito de controlar todos os recursos, decidindo em conjunto como deverão ser partidos. O que cada pessoa recebe, ou é … Continuar a ler

Racionalidade

“Robert Nozick [1938-2002] provoca nosso senso lógico ao formular um desafio à nossa imaginação: supondo que existam seres superiores a nós em questões de racionalidade e de inteligência, admitiríamos que eles nos enjaulassem e nos sugassem, nos introduzissem seus instrumentos investigatórios e suas substâncias químicas para medir reações sequer testadas neles mesmos, a fim de … Continuar a ler

António Silva

cinema português

Razão e Evolução

“A razão é apresentada por Nozick [Robert Nozick (1938-2002)] como uma capacidade humana seleccionada pela evolução. Isto permite explicar a racionalidade a dois níveis: por um lado as suas regras são suficientemente maleáveis de forma a poderem adaptar-se a um meio ambiente inconstante, por outro lado existem certos princípios tomados como evidentes que foram eles … Continuar a ler