equilíbrio e a progressão

“Não se pode à primeira vista, desconhecer a aptidão espontânea de semelhante filosofia para estabelecer, de modo directo, a conciliação fundamental, ainda tão vãmente procurada, entre as exigências simultâneas da ordem e do progresso, pois lhe basta, para tal, estender até os fenómenos sociais uma tendência plenamente conforme à sua natureza, e que ela tornou hoje muito familiar em todos os outros casos essenciais.

Em qualquer assunto o espírito positivo conduz sempre a estabelecer uma exacta harmonia elementar entre as ideias de existência e as de movimento, donde resulta mais especialmente, para com os corpos vivos, a correlação permanente das ideias de organização e de vida, e, em seguida, por uma última especialização peculiar ao organismo social, a solidariedade contínua das ideias de ordem com as de progresso.
.
Para a nova filosofia, a ordem constitui sempre a condição fundamental do progresso; e,reciprocamente, o progresso é o objectivo necessário da ordem: como na mecânica animal, são mutuamente indispensáveis o equilíbrio e a progressão, um como fundamento e a outra como destino.
Auguste Comte (1798-1857) 
In.:”Discurso Preliminar Sobre o Espírito Positivo”
      Organização da Revolução
      II. Conciliação positiva da ordem e do progresso

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: