o tipo perfeito do erro da filosofia

poemas de Alberto Caeiro .          A Guerra .          A guerra que aflige com os seus esquadrões o Mundo, É o tipo perfeito do erro da filosofia.            A guerra, como todo humano, quer alterar. Mas a guerra, mais do que tudo, quer alterar e alterar muito E alterar depressa.           Mas a guerra inflige … Continuar a ler

memória (XIII)

“Nossa memória é o repositório de um mundo complexo e imperfeito, criado colectivamente, que não compreendemos e do qual não podemos dar conta. Nela, muito do que gostaríamos de preservar se perdeu; de muito do que preservamos não sabemos a origem, nem queremos preservar. É um emaranhado de coisas obscuras e fugidias fechando algumas poucas … Continuar a ler

Socorro

Socorro                     manipulação digital / MR0729

pode ser dito ao não ser dito…

. . . . . “A arte necessita da filosofia, que a interpreta, para dizer o que ela não consegue dizer, conquanto só através da arte pode ser dito ao não ser dito” . Theodor W. Adorno (1903-1969)      

uma revisão dos nossos conceitos figurativos…

“Desde as imagens mentais […], passando pelas […] ópticas,[…] gráficas, fotográficas, cinematográficas […], holográficas e infográficas, […] culminando na ideografia […] que nos deixa ver, não somente os nossos orgãos internos, mas também nosso próprio pensamento, nos encontramos na presença de um verdadeiro caleidoscópio, depósito de imagens, de figuras, cuja coerência jamais é questionada, persuadidos que … Continuar a ler

lançadas pelos estúdios…

“Na era da estatística, as massas estão muito escaldadas para se identificar com o milionário na tela, mas muito embrutecidas para se desviar um milímetro sequer da lei do grande número. A ideologia esconde-se no cálculo das probabilidades. A felicidade não deve chegar para todos, mas a quem sai a sorte, ou melhor, para quem … Continuar a ler

Os quatro elementos

Os quatro elementos

Tabus acerca do Magistério

”(…) o professor se converte lenta, mas inexoravelmente, em vendedor de conhecimentos, despertando até compaixão por não conseguir aproveitar melhor os seus conhecimentos em beneficio da sua situação material. Não resta dúvida que há nisto um grande avanço de esclarecimento, em comparação à imagem do professor como um deus, tal como era considerado ainda nos … Continuar a ler

Nunca abuses ao iniciar uma guerra…

A Força da Sensatez . “Uma estratégia da antiguidade afirmou: Não ouso tomar a iniciativa; prefiro esperar… Não ouso avançar; prefiro recuar um passo”. Lao Tsé . . Os livros de estratégia nos ensinam: . “Nunca abuses ao iniciar uma guerra. Mantém-te sempre na defensiva. . Hesita antes de avançar um centímetro, mas mantém-te sempre … Continuar a ler

irredutíveis…

[…] “a racionalidade orientada para um fim e a racionalidade orientada para o entendimento não são intercambiáveis. Sob essa premissa, eu considero a actividade que visa fins e o agir orientado para o entendimento como tipos elementares de acção, irredutíveis um ao outro.” . Jürgen Habermas (n. 1929)

novo engodo

“Considerando-se, diz Theodor Adorno (1903-1969), que o iluminismo tem como finalidade libertar os homens do medo, tornando-os senhores e libertando o mundo da magia e do mito, e admitindo-se que essa finalidade pode ser atingida por meio da ciência e da tecnologia, tudo levaria a crer que o iluminismo instauraria o poder do homem sobre … Continuar a ler

não sei se escapo…

Nenhum e Seis . . sou da noite minhas unhas crescem na noite, inventei um destino na noite: . uma banda do ser interditada a outra na festa, às vezes pergunto: quem sou? . trago manchas de enigmas na pele, dou um salto mortal dentro de mim e não sei se escapo: . pois há … Continuar a ler

lírica: representação e negação

[…] “…o fragmentarismo na lírica representa – frente a um mundo falseado pela ideia de progresso, pela promessa da máquina e pela propaganda – uma quebra da máscara: a sua incoerência nos níveis formal e semântico é, a um só tempo, uma coerência enquanto encenação em profundidade do mundo moderno: um mundo que também transgride … Continuar a ler

dominação de mercadorias sobre homens

[À lírica arroga-se um] “protesto contra um estado social que todo indivíduo experimenta como hostil, alheio, frio, opressivo […] A idiossincrasia do espírito lírico contra a prepotência das coisas é uma forma de reacção à coisificação do mundo, à dominação de mercadorias sobre homens que se difundiu desde o começo da idade moderna e que … Continuar a ler

Ex-Estação de televisão Libanesa…

2006 July 16: The compound of buildings housing the television station of the Lebanese Shia Muslim militant group Hezbollah, al-Manar, is seen following an Israeli raid on a Hezbollah stronghold on the southern suburbs of Beirut (Ramzi Haidar/AFP/Getty) * In.: TimesOnline 

para obter alívio psicológico…

“O poeta Grabbe tem uma sentença: «Pois nada senão o desespero pode salvar-nos»’. Isto é provocador, mas nada tem de tolo. Não vejo como condenar que se seja desesperançado, pessimista, negativo no mundo em que vivemos. Mais limitados serão aqueles que se aferram compulsivamente ao optimismo […] da acção directa, para obter alívio psicológico.” . … Continuar a ler

iceberg

iceberg                              In.: “algures na Rede“

Biografias e outras fábulas…

“Estorvado pela contrafacção de um sentido coerente que a indústria cultural teima em acrescentar a seus produtos e de que ela, ao mesmo tempo, abusa espertamente como um mero pretexto para a aparição dos astros. Biografias e outras fábulas …[tecem] os retalhos do absurdo de modo a constituir um enredo cretino. Não são os guizos … Continuar a ler

29. O Poder da Não-violência

29. O Poder da Não-violência . “O homem superior evita sempre os excessos, a extravagância e a arrogância”. Lao Tsé . Quem pretender conquistar o Reino para si e com esse objectivo agir com muita força, decerto não o conquistará. . Revela a experiência que o mundo não pode ser plasmado à força, ele é … Continuar a ler

Médio Oriente / Israel

Médio Oriente / Israel