"uma espécie de consciência"

“o próprio universo material, definido como a totalidade das imagens, é uma espécie de consciência, uma consciência em que tudo se compensa e se neutraliza, uma consciência em que todas as partes eventuais, equilibrando-se umas às outras através de reacções sempre iguais às acções, impedem-se mutuamente de se destacarem.”   Matéria e Memória Henri Louis … Continuar a ler

Prometer não é dar, mas aos néscios contentar… (provérbio português)

His promises were, as he then was, mighty; But his performance, as he is now, nothing.       – William Shakespeare, The Life of King Henry the Eighth (Katherine Dowager at IV, ii)

tempo (XXIII)

tempo (XXIII) / manipulação digital                           MR050530

y abrirá una puerta

Pensamientos * El sueño vuelve siempre a la solitaria aldea de                    la montaña. En los cardales se levanta el viento, y al mediodía se calma el ininterrumpido canto de la cigarra en el camino que atraviesa el bosque. El sol brilla en el cielo azul, el volcán duerme. …Y yo, aunque sé que nadie … Continuar a ler

padre Himalaia

Hoje, 29 de Maio, o Dia Mundial da Energia, recordemos: Pireilióforo – forno solar de grandes proporções,  o qual conseguiu obter uma temperatura de 3500 graus, invenção do padre Himalaia – Manuel António Gomes (1868-1933) – cientista e inventor português. natural de Cendufe, Arcos de Valdevez. . saiba mais:          

Símbolos

Mosteiro da Batalha Pormenor A Batalha de Aljubarrota decorreu no final da tarde de 14 de Agosto de 1385

Henri Bergson e Evolução Criadora

“A vida como um todo não é nenhuma abstracção. Em determinado momento surgiu em certos lugares do espaço uma corrente vital que, através dos organismos desenvolvidos, vai passando de um germe a outro. A corrente vital procura vencer os obstáculos que a matéria lhe opõe; a materialidade de um organismo representa a totalidade dos obstáculos … Continuar a ler

Notas de Portugal – Almirante Gago Coutinho (1869-1959) – 20$00

Notas de Portugal

Frases

Quod facere instituis, nolli praedicare, nam, si facere nequiveris, rideberis. “O que decidires fazer, não anuncies, pois, se não o conseguires fazer, serás ridicularizado” [Diógenes Laércio (séc. III aC, grego) / Schottus, Adagialia Sacra 80].  

"Sob o rumor das folhas inspiradas"

Quem és tu  . Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas?   A perfeição nasce do eco dos teus passos, E a tua presença acorda a plenitude A que as coisas tinham sido destinadas.   A história da noite é o … Continuar a ler

memória (IV)

“a memória pode perder amplitude; pode não abraçar mais que uma pequena parte do passado; pode reter apenas o que acaba de chegar; mas a memória está lá, senão a consciência não estará. Uma consciência que não conservaria nada de seu passado, que se esqueceria sem cessar dela mesma, pereceria e renasceria a cada instante: … Continuar a ler

"Esse pretenso tempo homogéneo"

“Esse pretenso tempo homogéneo, (…) é um ídolo da linguagem, uma ficção cuja origem é fácil de encontrar. Em realidade, não há um ritmo único da duração; é possível imaginar muitos ritmos diferentes, os quais, mais lentos ou mais rápidos, mediriam o grau de tensão ou de relaxamento das consciências, e deste modo fixariam seus … Continuar a ler

`tá tudo bem!

O que mudou em 33 anos? . . . Um filme . . Tout va Bien (1972) Jean-Luc Godard Com : Jane Fonda,            Castel Casti,           Yves Montand,           Vittorio Caprioli,           Elizabeth Chauvin  

"Mas que sei eu" – Ruy Belo

Mas que sei eu . Mas que sei eu das folhas no outono ao vento vorazmente arremessadas quando eu passo pelas madrugadas tal como passaria qualquer dono? Eu sei que é vão o vento e lento o sono e acabam coisas mal principiadas no ínvio precipício das geadas que pressinto no meu fundo abandono Nenhum … Continuar a ler

"O riso"

“Não há comicidade fora do que é propriamente humano. Uma paisagem poderá ser bela, graciosa, sublime, insignificante ou feia, porém jamais risível. Riremos de um animal, mas porque teremos surpreendido nele uma atitude de homem ou certa expressão humana. Riremos de um chapéu, mas no caso o cómico não será um pedaço de feltro ou … Continuar a ler

Portugal afastado da 2ª Guerra Mundial…

                        . . . Faz hoje – 17 de Maio de 2005 – 46 anos que o Monumento a Cristo-Rei foi inaugurado em Almada (17-05-1959) , com a presença do cardeal-patriarca, D. Manuel Gonçalves Cerejeira. O monumento foi o resultado do cumprimento de um voto dos bispos portugueses, formulado em 1940 com o … Continuar a ler

Henri Bergson: o filósofo da intuição.

“Só podemos conhecer a duração graças à intuição; mas com ela conhecemo-la directamente e como algo íntimo. A intuição distingue-se por características que se contrapõem às características da inteligência. Órgão do homo sapiens, a intuição não está ao serviço da prática; seu objecto é o fluente, o orgânico, o que está em marcha; só ela … Continuar a ler

Nicolau Maquiavel: "O Príncipe"

(…) “Portanto, um príncipe deve gastar pouco para não precisar roubar seus súbditos, para poder defender-se, para não ficar pobre e desprezado, para não ser forçado a tornar-se rapace, não se importando de incorrer na fama de miserável, porque esse é um daqueles defeitos que o fazem reinar. E se alguém dissesse que César alcançou … Continuar a ler

stellaria solaris linne

stellaria solaris linne

lembranças-imagens

“a leitura corrente é um verdadeiro trabalho de adivinhação, nosso espírito colhendo aqui e ali alguns traços característicos e preenchendo todo o intervalo com lembranças-imagens que, projectadas sobre o papel, substituem-se aos caracteres realmente impressos e nos dão a sua ilusão. Assim, criamos ou reconstruímos a todo instante. Nossa percepção distinta é verdadeiramente comparável a … Continuar a ler