dia único

Dia único

Certo amanhã

.

Cai a tarde no silêncio das ideias

Que viscosamente deslizam

Ao longo do tempo petrificado

Derramando-se sobre as mentes inquietas

.

Anoitece devagar na sinfonia  do pensamento

Revelando-se pouco a pouco todas as estrelas

Que o Universo insondavelmente engendrou

.

A noite ilumina majestática o devir

Nascido das ideias germinadas

Pelo pensamento das mentes inquietas

Que na solução dos enigmas se apaziguaram

.

Já o esplendoroso astro se acordou

E o dia único e  indeterminável

Se manifesta idêntico

.

Contudo transporta já imperceptivelmente

Na sua incompreensível essência

No ritmo caótico das mentes inquietas

As sementes do eterno e certo amanhã

.

Anselmo Câncio

MR040720

.

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: