De Einstein à Grécia antiga, passando por Madrid…

No problem can be solved from the same level of consciousness that created it.” Albert Einstein. /// Vem esta frase de Einstein, que, se concordará, deverá ser escutado com alguma atenção, a propósito dos últimos acontecimentos de violência extrema na capital espanhola, Madrid. Neste momento não é sabido ainda quais os responsáveis (se é alguma vez viremos a sabê-lo com clareza…). Bem, a perspectiva aqui é, partindo da reflexão sobre a frase de A. Einstein e extrapolando, que deveriamos aproveitar, nós os que não fomos directamente afectados (para já…), para nos perguntarmos o que temos feito para irradicar a violência que existe dentro de nós e se isso não seria mais útil que todas as indignações do Mundo… Se não seria essa a criação do “virus” absolutamente necessário para uma contaminação global de pacíficação do planeta! Enfim, resumindo e concluindo, a maior intervenção e revolução a fazer continua a ser (como os antigos gregos já sabiam) intrinsecamente pessoal… /// MR0403120102 in “o adeus a Aznar”

Anúncios

Deixar um apontamento

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: